(16) 99397-2002

Versão GT Line volta ao catálogo do Fluence por R$ 79.990.


 

A Renault voltou a comercializar no Brasil a versão GT Line do Fluence, que havia sido descontinuada após a reestilização do sedã. Atualizado, o modelo agora traz nova grade frontal, faróis com máscara negra, lanternas traseiras iluminadas por LEDs e pequenos retoques no interior.

 

A característica mais marcante do novo Fluence GT Line é o para-choque esportivo, com desenho semelhante ao usado pelo Mégane GT Line europeu. A peça conta com grandes entradas de ar, friso cinza nas extremidades e uma fileira de LEDs componde as luzes diurnas. Nas laterais, o destaque fica por conta das rodas de liga-leve aro 17 na cor preta e também pela presença das saias esportivas. A traseira exibe o mesmo para-choque esportivo que era empregado antes da reestilização, assim como o discreto aerofólio. Um fato curioso é que apenas esta versão pode contar com carroceria pintada na cor vermelha, porém, a tonalidade roxa fica de fora.

 

Inernamente, o Fluence GT Line possui bancos revestidos em couro preto com costuras vermelhas, descansa braço central, ar-condicionado dual zone, piloto automático, entre outros itens. O painel também conta com frisos vermelhos na parte central, teto solar, pedaleiras esportivas, central multimídia R-Link, com tela sensível ao toque de sete polegadas e com reconhecimento de voz.

 

A esportividade, entretanto, é apenas visual, pois o motor 2.0 flex de 140 cv e o câmbio CVT são os mesmos de outras versões. Apesar do apelo esportivo, o Fluence GT Line alcança os 100 km/h em 9,9 segundos e atinge 195 km/h de velocidade máxima. Para aqueles que eram fãs do modelo GT equipado com motor 2.0 turbo, a má notícia é que a Renault não venderá mais esta versão. Vai ficar na saudade.

 

Fonte: R7

 

 

Veja também:
Por que o motor do carro funde?
6 dicas para manter a pintura do carro nova
Quando devo fazer revisões em meu carro?
Qual é a diferença entre alinhamento e balanceamento?